“A ODISSEIA” SEM HOMERO: DA EXORTAÇÃO DE PAES BARRETO À CONSTRUÇÃO DE UMA SEMÂNTICA DO PASSADO NA BUSCA PELO ‘SER CAPICHABA’

Autores

  • Filipe Savelli Pereira Universidade Federal do Espírito Santo-UFES
  • João Paulo dos Santos de Souza Universidade Federal do Espírito Santo

Palavras-chave:

capixabismo, Espírito Santo (estado), IHGES, Heidegger, passado

Resumo

O Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo (IHGES), inaugurado sob a Exortação de Dr. Carlos Xavier Paes Barreto, mobilizou um coletivo de homens intelectuais a constituírem uma historiografia capixaba — ou “capichaba” — atribuindo sentidos para o passado local. Compreender a noção de um ser capichaba, da inauguração do instituto às campanhas hodiernas sobretudo da mídia local — no incipiente conceito de capixabismo —, é objetivo deste artigo que se insere para: (I) problematizar elementos identitários do passado local evocados no tempo presente; (II) situar a contribuição e legado do IHGES, revisitando-se seu discurso fundação; e (III) relacionar o capixabismo enquanto identidade local, caracterizando a busca do ser capichaba. Sob os modos de ser do “dasein” heideggeriano e da semântica de passado (CARVALHO, 2018), inscreve-se uma narrativa crítica do Espírito Santo (NASCIMENTO, 2018), da recepção didático-pedagógica (PIROLA, 2008) à vanguarda intelectual e vultos pátrios (COSTA, 2010; BIGOSSI, 2018), de pensamentos hegemônicos a problemas da historiografia local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo dos Santos de Souza, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestrando no Programa de Pós Graduação em História Social das Relações Políticas (PPGHis) da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) , bolsista pela Coordenação de Aperfeiçoamento Pessoal de Nível Superior (Capes). Bacharelando e Licenciado em História pela mesma instituição. Membro do Laboratório de História das Interações Políticas Institucionais (HISPOLIS), desenvolvendo pesquisa em História Regional do Brasil, com ênfase em História do Espírito Santo. Possui também Bacharelado em Teologia pela Faculdade Unida de Vitória.

Referências

BARRETO, Carlos Xavier Paes. Discurso pronunciado na sessão de fundação do Instituto Histórico e Geographico do Espírito Santo pelo orador Dr. Carlos Xavier Paes Barreto, a 12 de Junho de 1916 - Refutações a Varnhagen, Pereira da Silva e a Tollenare. RIHGES, Vitória, n. 1, 1917, p. 7-14.

BIGOSSI, Bruna Breda. Domingos José Martins: a invenção de um herói para os capixabas no Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo. Dissertação (Mestrado em História) — Universidade Federal do Espirito Santo, Centro de Ciências Humanas e Naturais, 2018, 103f.

BRASIL. Lei nº 12.734, de 30 de novembro de 2012. Modifica as Leis nº 9.478, de 6 de agosto de 1997, e nº 12.351, de 22 de dezembro de 2010, para determinar novas regras de distribuição entre os entes da Federação dos royalties e da participação especial devidos em função da exploração de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, e para aprimorar o marco regulatório sobre a exploração desses recursos no regime de partilha. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12734.htm>. Acesso em 1 dez. 2020.

CARVALHO, A.; MENDES, B.; RAMALHO, W. Introdução. In: CARVALHO, A.; MENDES, B.; RAMALHO, W (Orgs.). Sete ensaios sobre história & existência. Porto Alegre: Editora Fi, 2018, p. 11-20.

CARVALHO, Augusto. A descoberta do paradoxo fundamental da ideia de tempo e a constituição ontológica do conceito de passado. CARVALHO, A.; MENDES, B.; RAMALHO, W (Orgs.). Sete ensaios sobre história & existência. Porto Alegre: Editora Fi, 2018, p. 91-110.

CARVALHO, José Murilo de. A Formação das Almas: O Imaginário da República no Brasil. São Paulo. Companhia das Letras: 1990

COLLIVA, Paolo. Povo. In: BOBBIO, Noberto, MATELUCCI, Nicola e PASQUINO, Gianfranco. Dicionário de Política. Vol. 1. 11 ed. Brasília: Editora UnB, 1998.

COSTA, Ticiana Pivetta. A Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo (IHGES): intelectuais, civismo e educação. Dissertação (Mestrado em História) — Universidade Federal do Espirito Santo, Centro de Educação, 2010, 134f.

ESTEVES, L. No divã com a cultura capixaba. Vitória, 25 jul. 2020, Instagram. Luanna Esteves. Disponível em: <https://www.instagram.com/tv/CDE431FjL_O/>. Acesso em: 29 jun. 2021.

GOVERNADOR acusa União de centralização. A Tribuna, Vitória, ES, 30-10-2009, p.33, c.1-3.

GOVERNO ES. Povo Capixaba. Disponível em: <https://www.es.gov.br/historia/povo-capixaba>. Acesso em: 30 jun. 2021.

HEIDEGGER, M. Ser e Tempo. Campinas: Editora da Unicamp, 2012

NASCIMENTO, Rafael Cerqueira do. A narrativa histórica da superação do atraso: um desafio historiográfico do Espírito Santo. Serra: Editora Milfontes, 2018.

OLIVEIRA, Ueber José. de. Elites políticas capixabas no contexto da primeira república. Revista do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo, v. 1, n. 1, p. 117–129, 2017. Disponível em: <https://periodicos.ufes.br/revapees/article/view/32197>. Acesso em: 29 jun. 2021

PIROLA, André Luiz Bis. O livro didático no Espírito Santo e o Espírito Santo no livro didático: história e representações. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Educação. Vitória, 2008.

REIS, José Carlos. As identidades do Brasil 3: de Carvalho a Ribeiro. Rio de Janeiro: FGV, 2017

RICOEUR, Paul. A marca do passado. História da Historiografia, n. 10, 2012, p. 329-349

ROYALTIES: Lula lava as mãos e passa a bola para o Senado. A Gazeta, Vitória, ES, 19-03-2010, p.15, c.1-6.

SCHAYDER. José Pontes. Passado a limpo: o estado capixaba e seu mito fundador. Cachoeiro de Itapemirim: Edição do autor, 2017.

SCHWARCZ, Lília Moritz. Jules Michelet. In.: MALERBA, Jurandir (Ed.). Lições de história: o caminho da ciência no longo século XIX. EDIPUCRS, 2010

TOLEDO, Luzia. Domingos Martins: um herói nacional. In.: Gazeta Online: Artigos — Homenagem, Vitória-ES, 19 jun. 2017. Disponível em: < https://www.gazetaonline.com.br/opiniao/artigos/2017/06/domingos-martins-um-heroi-nacional-1014067643.html>. Acesso em: 30 jun. 2021.

Downloads

Publicado

01-07-2022

Como Citar

Pereira, F. S., & Souza, J. P. dos S. de. (2022). “A ODISSEIA” SEM HOMERO: DA EXORTAÇÃO DE PAES BARRETO À CONSTRUÇÃO DE UMA SEMÂNTICA DO PASSADO NA BUSCA PELO ‘SER CAPICHABA’. Revista Do Arquivo Público Do Estado Do Espírito Santo, 5(10). Recuperado de https://www.publicacoes.ufes.br/revapees/article/view/36323